Cristiano Mariotti

Classificou, mas…

…não foi bem como o torcedor vascaíno gostaria que! Aliás, passou LONGE de agradar não só ao vascaíno, mas a quem aprecia o bom futebol! Digamos, como que a uma distância proporcional ao do asteroide que alguém disse que poderia atingir a Terra, no último dia 16 de fevereiro!  É bem verdade que o Vasco somente começou a remontar seu time a partir do sacode perante o Fluminense, logo na estreia do campeonato estadual. Aliás, digo-lhes com muita sinceridade que nunca uma derrota foi tão benéfica a um clube como aquela presenciada por nós! Talvez…

Leia Mais

A quase missão cumprida!

Olá a todos! Depois de uma pausa para reflexão e ainda por motivos de trabalho e também pessoal, retorno ao blog em um momento em que o time de futebol do Vasco deixou os maus resultados para trás e, finalmente, conseguiu fazer com que seu nome, sua camisa prevalecessem nessa disputa nada animadora desta série B que, graças a DEUS, vai chegando em seu sprint final e, queiramos nós (vascaínos), de forma derradeira:para nunca mais retornarmos nela. Não que seja grande coisa (e não é de forma alguma!), mas já traz um alívio para todos,…


Onde estamos errando?

Olá a todos! E depois de um período de afastamento, retorno ao blog em um momento totalmente avesso à última vez que aqui postei! E nem faz tanto tempo assim que publiquei meu último texto nesse mesmo site, em que por motivos pessoais e, principalmente, profissionais fui obrigado a passar por mais este período sabático em relação a escrever e debater em prosa sobre nosso Vasco, foco muitas vez (ou quase sempre) de alegrias e desânimos para com o mundo futebolístico, de uma forma geral! E confesso-lhes, já era para ter postado algo na terça-feira…


Propondo melhorias, corrigindo imperfeições!

Apesar do susto, prevaleceu no fim a lógica: diante de nossa torcida, o Vasco conseguiu mais uma vitória no último sábado e segue firme em sua trajetória rotineira – agora, são trinta e um jogos invictos, e se passar pelo Oeste nessa terça-feira, chegará a sete meses sem perder. Mais do que isso, segue firme em seu propósito de fazer com que essa grande "procissão" da série B vire uma rotina de trinta e oito treinos oficiais até nosso retorno triunfal à série A. E, mais uma vez pois nunca é demais pontuar isso, que…


Quando o melhor ataque é a defesa!

Acompanho de perto o passo-a-passo do Vasco como torcedor desde o final da década de 1980. Com meus trinta e sete anos de idade, aprendi a ver, no clube, times de futebol (campeões) montados em que o grande forte era o setor defensivo, leia-se: goleiro, zagueiros, laterais e volantes.  De forma contrária a outros grandes times formados, no Vasco quase sempre foi observado por mim um cuidado especial com a formação desse setor em nossa época das mais gloriosas, que se propagou até o final de 2000. Talvez com exceção das defesas dos campeonatos brasileiro de 1989, cuja…


Consciência e discernimento

Realmente, não faço ideia de quão intensidade os imponderáveis que poderão vir (ou não) pelo caminho agirão (ou não) como obstáculos durante essa terceira (e desejo que seja a ÚLTIMA) trajetória do Vasco durante a série B / 2016.  Imponderáveis esses: perda de atletas (seja por contusão, por suspensão ou por transferência) e arbitragens, em especial. Sobre o primeiro imponderável citado, digo-lhes que o grupo precisa de mais (e jovens) opções para rotação de plantel, em níveis (óbvio) abaixo de Nenê e Andrezinho (mesmo porque, difícil hoje no futebol brasileiro e latino-americano se achar atletas que combinem juventude –…


Renascer das cinzas e coroação

No dia 02 de setembro de 2015, um certo time de futebol levara uma das mais vexatórias goleadas envolvendo um confronto entre dois clubes com camisas de expressão em território brasileiro.Naquela noite em pleno Gigante da Beira-Rio, Jordi, Serginho (Bruno Ferreira), Luan, Rodrigo, Christianno, Guinazú, Júlio dos Santos, Nenê, Andrezinho (Riascos), Jorge Henrique, Rafael Silva (Lucas) junto com a comissão técnica comandada por Jorginho assessorado por Zinho escrevia não somente uma das páginas mais tristes de toda a história do clube, como também ajudavam a afundar ainda mais na zona de rebaixamento um clube cujo…