Cristiano Mariotti

Renascer das cinzas e coroação

No dia 02 de setembro de 2015, um certo time de futebol levara uma das mais vexatórias goleadas envolvendo um confronto entre dois clubes com camisas de expressão em território brasileiro.Naquela noite em pleno Gigante da Beira-Rio, Jordi, Serginho (Bruno Ferreira), Luan, Rodrigo, Christianno, Guinazú, Júlio dos Santos, Nenê, Andrezinho (Riascos), Jorge Henrique, Rafael Silva (Lucas) junto com a comissão técnica comandada por Jorginho assessorado por Zinho escrevia não somente uma das páginas mais tristes de toda a história do clube, como também ajudavam a afundar ainda mais na zona de rebaixamento um clube cujo…


Coragem e onze principais

O descontrole psicológico é somente um dos fatores que, dentro de campo, ajuda a justificar o péssimo rendimento do Vasco no certame brasileiro 2015. Há, evidente, outros aspectos a serem levados em conta – fora de campo em especial, mas o que chama atenção é o pensamento derrotista com que esse time vem disputado seus jogos, principalmente ao tomar o primeiro gol do jogo. Nesse momento, tudo desaba e tal como nas antigas prorrogações por morte súbita, é como se naquele instante o jogo estivesse, de fato, encerrado. Pois, psicologicamente, para o Vasco se encerra,…


BATENDO O MARTELO

Os problemas que levam o Vasco a estar na posição que está no atual certame brasileiro vão muito além do campo de jogo. Muitos focam o elenco e o técnico como a causa, mas na verdade, vejo neles a consequência, o reflexo do que ocorre fora de campo. Tal como na gestão anterior. Dinheiro não há para grandes contratações, e os nomes mais valorosos que chegam são os que terão sua última chance no Vasco antes que caírem no total ostracismo, como são os casos de Dagoberto e Jorge Henrique. Outros chegam vindo do exterior…


DE VOLTA AOS TRILHOS!

Da série "acredite se quiser"… Em Santa Catarina, o campeonato terminou no campo, mas não no tribunal. Não se sabe SEQUER se a primeira partida entre Figueirense e Joinville valeu por conta de uma suposta escalação irregular do jogador da equipe rubro-negra, do interior catarinense! No Rio Grande do Sul, o clássico de "torcida mista" entre dois rivais históricos deu em quebra-quebra (mais uma vez), com cadeiras da Arena Beira-Rio quebradas e jogadas a campo pelos gremistas! Em Natal no sábado e em Fortaleza no domingo, invasão de campo por parte de duas torcidas, uma…


O "polêmico" lance do pênalti sob o mesmo olhar com duas visões distintas

Durante o jogo, logo após a marcação do pênalti que resultou no gol de Juan – o primeiro do Flamengo naquele jogo que era o primeiro da decisão do Campeonato Carioca de 2009 em 26 de abril, lançou-se o seguinte comentário na emissora Globo, detentora dos direitos televisivos do campeonato desde 1999: "No momento em que Juan recebe a bola, em que o lance é favorável a ele, ele (Juan) é tocado por trás, derrubado e faz o pênalti". (José Roberto Wright – comentarista de arbitragem – Botafogo 2 vs 2 Flamengo, 26/04/2009).    O árbitro…


Veja o que rolou na estreia do programa "Vascão de norte a sul", no canal Web TV da Colina, no Youtube!

Na estreia do programa Vascão de norte a sul,  nosso convidado especial foi o treinador de futebol e diretor executivo Leonardo Vitorino, e que irá trabalhar a partir de novembro nessa última função em um clube do futebol tailandês. O programa Vascão de norte a sul é transmitido diretamente do canal Web TV da Colina (https://www.youtube.com/channel/UCoYrTlO6psaxRQ7aDHay-8Q), no youtube. Os links do programa de ontem, dia 19/10/2014, seguem abaixo: Primeiro módulo: Futebol Segundo módulo: Gestão Esportiva Profissional Apresentação: Cristiano Mariotti, colunista dos sites SuperVasco, WebVasco e Panorama Vascaíno. Demais integrantes: Luís Carlos Rocha (jornalista e um dos…


Santa paciência!

É o que resta para o torcedor vascaíno, nessa reta final de Série B: uma dose redobrada de “Santa” paciência (ainda maior do que estamos tendo ao longo desses últimos quatorze anos de muito mais sofrimento do que razões para nos orgulharmos) para que esse ano se acabe o quanto antes. E que todos possamos, ao final dele, ter a sensação de alívio com o menos pior dos resultados possíveis, que é o retorno ao lugar do qual jamais deveríamos ter saído nem uma vez, quanto mais duas vezes, que é a Primeira Divisão do futebol brasileiro….