Para que jogar? Melhor dar logo o título para eles…

Caros amigos vascaínos,

O título deste artigo pode parecer algo escrito de “cabeça quente” ou em um momento emotivo, mas quero deixar claro que trata-se de um pensamento feito após muita reflexão.

Vamos fazer um exercício de raciocínio diante dos fatos que irei expor agora, e aí, amigo leitor, me diga você o que acha.

Após o jogo de ontem, não havia mais discussão se o Vasco foi prejudicado vergonhosamente ou não. A discussão que cabe no dia de hoje é se o árbitro e seus auxiliares apenas cometeram “erros” ou foi “algo mais”. Em qualquer país sério, e se o Vasco tivesse uma diretoria “não-inerte”, esse assunto teria que ser investigado e apurado. Estamos falando de um esporte que movimenta milhões de reais por ano dentro do nosso clube. Não se pode brincar com esse assunto da maneira que nossa diretoria, comandada pelo ex-ídolo, Roberto Dinamite. Dinamite está conseguindo destruir duas coisas sagradas no nosso clube: a imagem do Vasco perante os adversários, que já não o temem, e a imagem dele mesmo como ídolo maior de nosso clube…

Mas voltando à arbitragem, vamos dar uma olhada em apenas 3 imagens.

A primeira mostra o gol do Vasco que a arbitragem “não viu”. A imagem é claríssima: o auxiliar de linha de fundo estava a poucos metros da bola e com visão privilegiada. Como é possível ele não ter visto?

vasco1

 

A segunda mostra o “gol” do Flamengo. Notem que a circunferência da bola não ultrapassa totalmente a trave, que possui a mesma espessura da linha de fundo. Ora, a FIFA na sua publicação “Laws of the Game”, a qual me parece que os árbitros brasileiros tem total desconhecimento, deixa claro que a bola tem que ultrapassar totalmente a linha de gol.

vasco2

 

“Laws of the Game” pode ser baixado no site da FIFA, mas reproduzo aqui apenas o trecho que demonstra o que é gol e o que não é gol:

vasco3

 

Comparem a posição da bola na foto e as posições da bola na imagem da FIFA. Como o Arnaldo diz, “a regra é clara”. Pena que o Arnaldo não segue o que ele mesmo afirma, pois durante a transmissão afirmou claramente que a bola tinha “entrado uns 20 cm no gol”…

Eu queria saber qual trena ele usou para medir…

O pior é que no intervalo o tira-teima do Globo não avaliou o gol do Flamengo. E aqui cabe um parêntesis: o software do tira-teima da Globo não tem nenhuma inovação tecnológica. Na verdade, ele é muito simples: insere-se os dados das medidas do campo, congela-se a imagem e o operador clica nas posições onde estão os objetos sob análise. A partir daí o software coloca as medidas baseadas no que o operador passou. Aí vem uma hipótese: se um operador clicar a posição da bola um pouco mais para um lado que para o outro, o software vai dar as medidas de acordo com o que foi informado…

E o que acontece depois do jogo? A Globo mostra uma imagem computadorizada com a bola bem para dentro do gol (para que não haja dúvidas) e mostra a distância de “22 cm”… Que coincidência com o que o Arnaldo disse, não é mesmo???

Até agora o “placar real” do jogo está em 2×1 para o Vasco.

Para não dizer que ficou só por aí, vejam a imagem abaixo que aconteceu dentro da área do Flamengo:

vasco4

 

Neste caso, o Arnaldo foi mais severo ainda em afirmar: “o árbitro estava encoberto e não viu”… Bom, olhem vocês mesmos a posição do árbitro e a direção do olhar dele… Afinal, ele não viu ou não quis marcar o pênalti?

Será que o “placar real” aqui já não seria 3×1 para o Vasco? Que diferença para o “placar fabricado”…

Bom, depois disso tudo, o que esperar de uma possível decisão entre Flamengo e Vasco? Eu posso afirmar: Se o Vasco não fizer pelo menos uns 10 gols válidos contra os mulambos, será difícil ganhar deles… daí o título deste artigo: “Para que jogar? Melhor dar logo o título para eles…”

Antes que algum vascaíno ache que estou entregando os pontos, ou desistindo, deixem-me falar uma coisa: eu luto e lutarei sempre pelo Vasco. Não preciso listar aqui tudo o que já fiz pelo clube sem ganhar um único centavo. Muito pelo contrário: gastando bastante…

O que não dá é ficar lutando pelo clube e ver que nossos dirigentes não estão nem aí para o torcedor do clube. Vejam agora esta foto tirada no jogo de ontem:

2014.02.16-peralta,jayme,Eurico

 

Não identificou quem são? Eu digo então! Aí estão sentados e conversando amistosamente o Peralta (vice-presidente do Roberto Dinamite), Jayme Lisboa Alves (possível candidato) e Eurico Miranda, candidato de oposição.

O que conversavam? Não sei. Só sei que o Eurico e Roberto Dinamite estavam muito “afinados” na última reunião do conselho. Imaginem eles juntos na próxima administração do clube… O que esperar de uma possível nova gestão de vascaínos que são os responsáveis diretos pela situação atual do Vasco?

Como vascaíno que estuda a história do Vasco e vibra com o que nossos antepassados fizeram e lutaram para erguer essa nação, espero sinceramente que surja uma terceira via e que aqueles que já estiveram no comando de nosso clube permaneçam como estão hoje: no passado!

E que o nosso clube, sob o comando de pessoas que honrem nossos antepassados, reergam este clube, que é um monumento contra o racismo, contra o poder econômico que massacra os mais fracos e contra o sectarismo social. O Vasco é tudo isso, e é claro que há interesses que desejam que nosso clube suma do mapa… Infelizmente Eurico e Dinamite ajudaram muito nossos inimigos, e hoje somos ridicularizados por eles, não conseguindo sequer ganhar de um time fraco e cansado como o do Flamengo neste último domingo.

Que Deus nos ajude e ilumine os sócios do Vasco nas próximas eleições.

Você pode querer ler...

About the Author

André Pedro
André Pedro
André Pedro é sócio remido do Vasco da Gama com mais de 30 anos de clube, e também fundador e editor responsável do portal webvasco.com. Sua formação é na área de informática e comanda a empresa Digital Solutions, especializada em soluções de internet.

1 Comment on "Para que jogar? Melhor dar logo o título para eles…"

  1. Marcus Simonini - Blog Incondicionalmente Vasco! | 18 de Fevereiro de 2014 at 12:41 |

    Parabéns pelo texto, André. Faço minhas as tuas palavras! Teremos enorme responsabilidade nas urnas! O futuro do Vasco depende da nossa escolha! SV!

Comments are closed.