C.R. V. G. !

Luiz Carlos Rocha

    A sigla CRVG que significa Club de Regatas Vasco da Gama outrora (sempre) foi motivo de orgulho e satisfação para os torcedores. Por parte dos adversários, respeito, alerta e em algumas vezes até admiração. A noite de ontem, no Serra Dourada, em partida válida pelas Quartas de Final da Copa do Brasil, mudou momentaneamente esta sigla. Ficou assim: CRVG- Clube do Rio dá Vexame em Goiás!
          Isto, porque, após Edmilson abrir o placar com apenas um minuto de jogo e dar esperanças ao torcedor cruzmaltino (embora a cor verde que representa esse sentimento estivesse presente no uniforme do ex adversus) o time Esmeraldino empatou e de virada sagrou-se vencedor do duelo. Os gols do time da casa foram marcados por Walter e Roni.
         O problema que esse tipo de disputa – mata-mata – é muito perigoso trabalhar com resultado apertado. Diferente dos pontos corridos, onde as equipes tem de mostrarem eficiência para obterem resultados. O esquema da Copa do Brasil algumas vezes as equipes avançam nas fases contando apenas com a sorte. Vamos combinar que ultimamente o Vasco não tem tido nenhuma eficiência, tampouco sorte!
         A partida de volta, em São Januário (aquele que um dia foi considerado caldeirão, e diante dos últimos resultados pode ser chamado apenas de panelinha), será no dia 24 de outubro. Com esse futebolzinho de várzea, certamente será uma missão – quase – impossível.
         É preciso acertar muitos pontos para que tenhamos alguma chance de avançar. O zagueiro Cris tomar um lençol do gordinho Walter significa que o futebol dele não tem peso nenhum. Eu jogo de zagueiro todas as quintas-feiras lá na Praia de Icaraí e jamais tomaria um chapéu como esse.
         A quantidade de gols que o Vasco perdeu por erro de pontaria é incontável. Há quem diga que o time correu bem. Futebol não é correria, é talento. Fosse somente a questão da velocidade, Roberto Bombinha poderia contratar o Felipe Massa, aproveitando que o piloto está se desligando da Ferrari e ficará desempregado. Não faltaria velocidade. Rubinho (Rubens Barichello) nem pensar!  De lento basta o Michel Alves.
         O fato é que a coisa está feia. O Vasco não apresenta um bom futebol no Campeonato Brasileiro, vem começando a pipocar na Copa do Brasil, há uma crise política dentro do clube, uma disputa de vaidades, financeiramente está morto, não há renovação técnica e tática, aumento no número de sócios nem pensar, dentre outros problemas. Trocando e-mail ontem com um amigo vascaíno observamos que de 2000 para cá, ou seja 13 anos, o Vasco ganhou APENAS uma Copa do Brasil e um Carioquinha. (a taça da Segundona é vexame, não conta). Pouquíssimo comparado a grandeza e histórica do clube.
         Com base em informações de uma fonte fidedigna, eu soube hoje pela manhã, que os pré-candidatos a presidência do Vasco da Gama Fernando Horta, presidente da Escola de Samba Unidos da Tijuca e Francisco Manoel de Carvalho, conhecido como Chiquinho da Mangueira, deputado estadual estariam se unindo a fim de derrotar nas urnas o atual presidente do clube, Roberto Dinamite. O informante me garantiu também que apenas um deles virá como candidato oficial ao pleito do Gigante, o outro ficará apenas no apoio, nos bastidores.
Qual deles? Simples. Se Carlos Roberto de Oliveira vier como candidato quem enfrentará será Horta. Caso Bombinha desista ou indique um sucessor Chiquinho entrará no circuito. A explicação da minha fonte foi que o homem forte da Mangueira estaria interessado em primeiro plano na cadeira de número um de São Januário, em segundo nos eleitores de Roberto na cadeira da ALERJ.
         Definitivamente política não é coisa de amador!
                               

APÓS AS TODAS AS PARTIDAS DO VASCÃO EM MEU PERFIL DO FACEBOOK (QUEM QUISER RECEBER AS CRÔNICAS DE PRIMEIRA MÃO É SÓ ME ADICIONAR), E NOS SITES WEBVASCO (www.webvasco.com), E VASCAÍNOS UNIDOS (www.vascainosunidos.com.br) TEM A OPINIÃO DO JORNALISTA LUIZ CARLOS ROCHA. LEIAM! COMPARTILHEM E CURTAM! VASCAÍNOS UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS.


 

 

Você pode querer ler...

About the Author

Prof. Luiz Carlos Rocha
O Prof. Luiz Carlos Rocha é o Jornalista responsável pelo Webvasco.com (26153 MTB/RJ) com pós-graduação em jornalismo esportivo, além de ser Fotógrafo profissional. Entre sua vasta experiência profissional, estão a Revista Amiga e o Jornal dos Sports. Você pode encontrá-lo no Facebook clicando aqui!