HORA DE COBRAR!

7 min leitura
Luiz Carlos Rocha

Mais uma derrota! O Vasco perdeu de virada hoje para a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em partida válida pela 31ª Rodada do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Diego Sacoman marcou contra abrindo o placar em favor do Cruzmaltino. O empate veio com Adrianinho e a virada em cima do time que um dia foi o da virada e do amor saiu dos pés de Uendel, com uma grande colaboração do arqueiro Alessandro.
Com o resultado a situação de permanência na Elite para o próximo ano ficou mais complicada. Isto, porque, dos 21 pontos que restam disputar, o Gigante da Colina precisa ganhar no mínimo 13 e torcer por tropeços dos adversários mais próximos da Zona Maldita (Rebaixamento). Ganhar 2/3 das partidas. Uma piada! Até agora teve a competição inteira para mostrar futebol e só apresentou vexames. Só um milagre salvará o Vasco do bi rebaixamento.
O problema de cair pela segunda vez não ficará apenas na parte administrativa onde o clube terá enormes prejuízos financeiros. O principal incômodo será na parte futebolística. Se vier acontecer (tudo conspira a favor), o prestígio internacional será jogado na lama. A história futebolística mais bonita do Brasil não terá sentido, uma vez que exatamente no ano de Copa do Mundo (competição mais importante do planeta no mundo da bola), justamente no país do futebol, o Vasco poderá estar disputando a Série B!
Só costumo citar pontos positivos do desporto, por esta razão não darei nome aos bois. Um certo clubeco convidado a participar da Série A, no ano 2.000, e até hoje na Primeira como penetra, foi tetra-rebaixado, chegando inclusive ao fundo do poço na Terceirona. Que isso sirva de lição!
A hora de cobrar é essa! Se o torcedor vascaíno deixar para cobrar no final da competição, depois que o Vasco descer já era. A maioria dos jogadores que hoje vestem o manto sagrado da Colina não tem o menor respeito por ele. Atualmente defendem a Cruz de Malta, mas amanhã estarão em novos clubes e quem pagará a conta de ver o time na Segundona é a Imensa Torcida Bem Feliz (nem tão satisfeita assim). Jornalistas mascarados, da imprensa marrom tentarão colocar panos quentes na situação dizendo em seus microfones ou escrevendo em jornais, sites e revistas que a situação não é bem assim, ou que não é protestando que se consertam as coisas. Mentira! É lutando por seus ideais que se conquistam os sonhos. É cobrando que obtemos os resultados.
Não se pode aceitar que atletas que ganham altos salários, que treinam todos os dias (ou pelo menos deveriam treinar) comentam falhas bisonhas. Só um louco como o Dorival Júnior para acreditar em Alessandro ou Michel Alves tendo o garoto Jordi pronto para ser testado. A escalação de hoje é motivo de gracejo: Alessandro, Nei (a única qualidade é ser o sósia do Tio Chico da Família Addams, desta forma poderá fazer um bico na TV), Jomar (sequer poderá ser reserva), Cris (um dos piores que o Bombinha contratou), e Yotún (que nada mais é do que a mistura de Yakult com atum); Sandro Silva (SS por SS o Opala nos anos 80 era muito mais eficiente), Wendel (não joga rigorosamente nada!), Francismar (é a praia vermelha, ou melhor, a praia menstruada, o mar de Chico!) e Marlone (ufa! Até que enfim um bom jogador. Esse é craque); Thalles (que tem futuro, sabe o que fazer com a bola nos pés) e Reginaldo (outra merda).
Willie entrou no lugar de Reginaldo. Atacante por atacante Willie é um garoto, e se bem preparado tem futuro. O meia Jhon Cley entrou na vaga de Yotún que foi titular da lateral esquerda tendo o garoto Henrique. Não compreendo. Um absurdo. Sacar Wendel e colocar o atacante André em seu lugar foi trocar seis por meia dúzia no que tange a qualidade técnica. Cadê o Montoya? O cão de guarda Guiñazú? O chinelinho Bernardo? Juninho que agora está “cansadinho” e não pode atuar com a mesma frequência? Fágner, que é melhor do que Nei?
Muito se culpou o lárbitro (neologismo de larápio com árbitro) Kléber Lúcio Gil, quando o bandeira anulou de forma estranha e, sobretudo, duvidosa um gol legítimo do Vasco da Gama contra o Goiás, quando ganhávamos por 2 a 1 – a classificação dependia de dois gols de diferença – em partida válida pelas quartas de final da Copa do Brasil, na última quarta-feira. Mas a torcida não observou que a maior culpa foi de Roberto Bombinha que vem contratando mal ao longo destes cinco anos a frente do clube. Culpado também é o Carlos Germano que treina os arqueiros que estão sempre engolindo frangos. O comandante Dorival Júnior tem a sua parcela de culpa quando escala mal ou tenta poupar jogadores em momentos decisivos. Se o Vasco tiver poder de fogo no ataque e blindagem na defesa não haverá nenhuma perturbação ou atitude negative externa que prejudique o time. Porém, infelizmente nosso plantel é fraco e nosso presidente um explosivo
de quinta categoria. Roberto Bombinha não serve para presidente do Vasco.
O caxiense Carlos Roberto de Oliveira, quando assumiu o clube, logo mandou-o para o buraco. Naquela época Roberto Bombinha culpou gestões anteriores pela queda para a Segundona em 2008. Passados cinco anos, Bombinha está perto de recolocar o Vasco na Série B e não tem nenhum crédito com a torcida para culpar ninguém sequer.
Imaginei inclusive como ficará a camisa do Vasco da Gama em 2014. O material esportivo será fornecido pela Champs, na qual foi o primeiro da gestão de Bombinha. Um fato bacana é que a proprietária da marca, Mariceli Leandrini foi presa em São Paulo pela prática do crime de estelionato. O patrocinador máster será o Banco Fonte Cindam do ex-banqueiro Salvatore Cacciola. Com o slogan o banco da picaretagem. A falida Casas da Banha estampará as mangas. Afinal a gestão Roberto Bombinha é uma porcaria. A Construtora Sersan (de Sérgio Naya que construiu o Edifício Palace II, que desabou em 22 de fevereiro de 1998 matando oito pessoas na Barra da Tijuca/RJ) estampará a marca nas costas do uniforme, pois os sonhos do torcedor estão desabando mesmo! Nos números da camisa virá o patrocínio da empresa Varig, porque a companhia de aviação não ergue mais aeronaves, assim como os sonhos dos vascaínos são mais baixos. O calção terá o
patrocínio da antiga Transtur empesa de navegação falida (não menos que a Caravela Vascaína) que fazia a travessia Niterói X Rio de Janeiro com os aerobarcos. Além das placas de publicidade em São Januário da Cerveja Malt 90 (nojenta como era conhecida do público), ideal para patrocinar um time vagabundo como esse e embebedar o torcedor para que o mesmo não perceba falhas grotescas. Também encontraremos painéis das Meias Lupo. O Vasco é o time mais pisado ultimamente nas competições.
Resenha feita vai à dica final para os torcedores vascaínos. A hora de cobrar do presidente Roberto Bobinha é agora, enquanto temos uma chance (mínima). Depois que a Caravela afundar os ratos abandonarão a embarcação como de costume. Jogadores sem qualquer compromisso com nosso amado Vasco da Gama estarão em outros clubes. A diretoria incompetente certamente perderá o pleito de 2014 e também estará fora do clube nas próximas três temporadas. Nosso ídolo Roberto Dinamite desapareceu quando se deixou levar pela arrogância e prepotência do gestor Carlos Roberto de Oliveira. Bombinha tem entre seus defeitos a centralização de poder, mesmo sabendo que o futebol é um esporte coletivo. Com toda a certeza ano que vem fora do Vasco ele continuará degustando vinhos de R$ 3.000,00 (três mil reais) a garrafa! Ou seja, os homens que administram e que atuam dentro de campo no Vasco darão um grande foda-se para o clube e quem irá se foder de
verdade é a torcida que realmente ama o Vasco.
Então meus amigos torcedores, sou um jornalista que não me julgo melhor, tampouco pior dos demais, apenas diferente. A diferença fica por conta do AMOR que sinto pelo Vascão e o RESPEITO que tenho pelo torcedor. Afinal, também torço por esse clube. Eu apoio as cobranças e as manifestações! É hora de cobrar para não chorar na última rodada da competição!

APÓS AS TODAS AS PARTIDAS DO VASCÃO EM MEU PERFIL DO FACEBOOK (QUEM QUISER RECEBER AS CRÔNICAS DE PRIMEIRA MÃO É SÓ ME ADICIONAR), E NOS SITES WEBVASCO (www.webvasco.com), E VASCAÍNOS UNIDOS (www.vascainosunidos.com.br) TEM A OPINIÃO DO JORNALISTA LUIZ CARLOS ROCHA. LEIAM! COMPARTILHEM E CURTAM! VASCAÍNOS UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS.

6 comentários em “HORA DE COBRAR!

  1. Amigo Eduardo, quando me referi ao Juninho estar “cansadinho” não foi neste jogo e sim nos tantos outros que ele deu esse migué. Ele é bom jogador, mas não tem a mesma disposição de outrora. Logo, quando joga com vontade ajuda o Vasco, quando atua sem vontade atrapalha e quando não atua o Vasco não anda na dependência dele. Entendeu o que quero dizer? Obrigado por sua participação nos comentários de minhas crônicas.

    1. Cara, eu acho que o Juninho tem motivo de sobra pra estar insatisfeito e isso reflete no desempenho dele em campo. O Vasco em campo é dependente dele, pois os jogadores que compõem o elenco atualmente, além de fracos, não tem um pingo de respeito ou amor ao clube. Acho complicado exigir vontade em todo o jogo de um cara de 38 anos, que joga praticamente de graça sabendo que em qualquer outro time grande do Brasil ele seria titular, teria salário compatível com o futebol que ele pode render, companheiros de time mais qualificados e comprometidos com o futebol. Contra o Botafogo ficou claro que o Vasco é dependente do Juninho. Na minha opinião, se ele não retornasse esse ano o Vasco estaria em situação ainda pior na tabela.

      Abraços

      1. Amigo Eduardo,
        O Juninho ganha um bom salário. Esse papo de atuar quase de graça é balela. Na folha o salário direto dele é baixo. Mas no complemento, nas gratificações, direito de imagem e ect o salário fica bem compatível com um cara que é craque. Pode acreditar. Mas não seria nada demais, se ele tivesse realmente com o salário quase de graça. Conheço (de verdade) muitos profissionais, que neste exato momento de crise do Vasco estão trabalhando duro e muito para tntar ajudar o clube, e sem ganhar nenhum tostão. Todos os que conheço não estão na gestão do Roberto Bombinha, fazem trabalho paralelo em prol de um Vasco da Gama forte! O Juninho é bom, mas se eu fosse o presidente do Vasco ele não teria esse salário todo, ou não jogaria no time. Quanto aos demais, vc tem toda a razão, eles além de ruins não tem comprometimento com o clube. Isso é grave. Abraços e SV.

  2. O Cartiola era dono do banco MAKRA ou nome parecido de qualquer forma era um 171 igual ao e urico e ao roberto. ja e screvi em varios sites de vascainos que o treinador tinha que ter ido embora faz 2 ou 3 rodadas. O bando e ruim e ele nao sabe escalar nem substituir, entao o mais simples e substitui-lo. Boa sorte a todos os vascainos.

Comentários encerrados.

Copyright © Todos os direitos reservados. | Newsphere by AF themes.