LEI MARIA DA PENHA !

        Certamente a Lei 11.340/2006, popularmente conhecida como Lei Maria da Penha (aquela que repudia a violência doméstica contra a mulher) pode definir o título desta crônica. Afinal, o Machão da Gama espancou uma frágil Virgenzinha (das Américas, time pequeno não tem Libertadores), em pleno Maracanã, hoje, diante da “Pequenininha” que leva porrada e cabe dentro de um Fusquinha (com mando de campo colocaram a carga máxima, apenas 19.826 pagantes, pois este número mostra que nenhum torcedor ficou de fora). O cruel Ramon fez o gol da partida.
    Torcer para o FlorminenC é um ato de loucura. Mas acreditar que um clube que chegou ao fundo do poço, a Série C, e passou vergonhosamente dela para a Primeira Divisão em uma das muitas viradas de mesa (fora as de munheca) é chilique mesmo! Ademais, os torcedores ainda acreditam mesmo que o clube foi campeão brasileiro quatro vezes, balela pura! O Brasileirão começou em 1971, com o Galo sagrando-se campeão. Logo essa lorota de títulos antes deste brilhante ano não vale de nada.
    Muito embora usando o tapetão diversas vezes no decorrer da competição, conseguiu, só Deus sabe como, aliás, só o Criador e o STJD, mas levou o caneco em 1984. Em 2010 e 2012 devia (desde o ano 2000) a Segunda Divisão. Portanto, como penetra não pode ser detentor de títulos. Fosse uma Confederação séria, a CBF jamais permitiria uma disputa desta natureza, que dirá pelejar pelo primeiro lugar. Muito menos ficar com a Taça. Logo, o FlorminenC é no máximo uma vez vencedor de uma das edições do Campeonato Brasileiro!
    Diferente do Vasco da Gama, que de fato e de direito sagrou-se campeão nos anos de 1974, 1989, 1997 e 2000. Que é duas vezes campeão da América, em 1948 de forma invicta, e 1998 no ano do Centenário. Fora tantas outras notórias diferenças.
    Mas voltando ao devaneio tricolete, em plena Rodada 22 (número que representa o louco, na gíria popular) do Brasileirão, o Flor não só perdeu para o Vascão, com um golaço do lateral Ramon, mas também abortou a chance de entrar para o G6 (sem sentido, não vai ganhar a Libertadores mesmo, para que disputar?), e também perdeu a virgindade, digo, o lacre de 4 partidas de invencibilidade.
    No primeiro turno, em São Januário, uma clássica virada, por 3 a 2, provando que o Vasco é o time da virada e do amor. Hoje, no palco maior do futebol (porque Laranjocas é um lixo, não pode ter disputas oficiais), mesmo com aquela frescura do lado da torcida (jamais a Pó de Arroz será a Imensa Torcida Bem Feliz) o resultado não foi diferente do esperado: Vitória Cruzmaltina!
     Ainda no quesito aragem, o time de Abel Braga, só dá motivos para ser sacaneado pelos adversários. Na lateral esquerda, o bafejo era ao Léo. O camisa 9, Henrique poderia ter qualquer cor, mas têm Dourado para ter glamour, brilhar, bailar… Ceifador? Claro que não. A mão no pescoço é em alusão ao Seu Peru, personagem de Orlando Drummond, na Escolinha do Professor Raimundo, da TV Globo. Mostrando que ele está “por aqui”
    O atacante Peu estaria ele faltando uma letra no nome?  Atacar com Oruela (Orejuela) não deve ser uma missão muito prazerosa. Mas a cara do FlormimenC moderno, do mimimi é o meia Soumoça (Sornoza), que hoje estava sentado, no banco é claro, não dando, o ar da graça em campo. Tem também um dos patrocinadores, a FRESCAtto estampando a logomarca no uniforme.
    É tanto vacilo na questão da brincadeira dos adversários com o Fluminense, que nem o Gustavo Scarpa. Mas certamente o Renato têm as Chaves para desvendar o motivo e aonde tudo isso começou. Enquanto não chega este dia, a escrita continua, o freguês é o mesmo, a zueira não muda e o Vasco da Gama vai triunfando! O próximo desafio – já com o novo treinador Zé Roberto – do time de São Januário, será dia 10 de setembro, às 16h, contra o Grêmio (vice-líder), em local a ser definido. Enquanto isso a massa vascaína vai curtindo os três pontos ganhos hoje e a ascensão do 14º para o 10º lugar, na tabela de classificação da competição. Avente Vascão!
 
 
 
 
VERGONHA (MAIS DE 4 ANOS!):
DEPOIS DE AGUARDAR  50 MESES, OU SEJA, 4 ANOS E 2 MESES!  (CARRO DESDE 10 DE JUNHO DE 2013) COM O CARRO PRESO NA OFICINA DA ABOLIÇÃO VEÍCULOS COM APENAS 729 KM RODADOS, EM UM PROCESSO COM 8 VOLUMES, NA 1ª VARA CIVEL, DA COMARCA DE NITERÓI/RJ, REGIONAL OCEÂNICA, A SENTENÇA FOI INDEFERIR TODOS OS MEUS PEDIDOS E AINDA CONDENAR EM 10% DE CUSTAS JUDICIAIS. OU SEJA, FIQUEI SEM CARRO ESSE TEMPO TODO (MESMO PAGANDO À VISTA POR ELE), JUNTEI PROVAS COMO REGISTRO DE OCORRÊNCIA DA POLÍCIA CIVIL/RJ, BOLETIM DE OCORRÊNCIA DA POLICIA MILITAR/RJ, ORDENS DE SERVIÇO, MAIS DE 600 FOTOGRAFIAS, MAIS DE 40 ÁUDIOS, NOTAS FISCAIS, NOTAS DE TÁXI, PRONTUÁRIOS MÉDICOS, POIS NESTE PERÍODO TIVE PROBLEMAS DE SAÚDE, BEM COMO MEUS FAMILIARES, TENDO UMA FILHA QUE HOJE TEM APENAS 5 ANOS, NA ÉPOCA POUCO MAIS DE 1 ANINHO. VALE LEMBRAR, QUE OS PRIMEIROS DEFEITOS SE DERAM QUANDO O CARRO TINHA MENOS DE 30 KM RODADOS. TUDO ISSO PARA NADA. QUEM GOSTOU DO RESULTADO DA DOUTA MAGRISTRADA FORAM AS EMPRESAS RÉS – QUE ME LESARAM – ABOLIÇÃO VEÍCULOS E VW DO BRASIL (PROCESSO: No 0016370-44.2013.8.19.0212).
 
              
                              
APÓS AS TODAS AS PARTIDAS DO VASCÃO EM MEU PERFIL DO FACEBOOK (QUEM QUISER RECEBER AS CRÔNICAS DE PRIMEIRA MÃO É SÓ ME ADICIONAR), E NO SITE WEBVASCO (www.webvasco.com), TEM A OPINIÃO DO JORNALISTA LUIZ CARLOS ROCHA. LEIAM! COMPARTILHEM E CURTAM! VASCAÍNOS UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS.

Você pode querer ler...

  • DE VOLTA AOS TRILHOS!DE VOLTA AOS TRILHOS! Da série "acredite se quiser"... Em Santa Catarina, o campeonato terminou no campo, mas não no tribunal. Não se sabe SEQUER se a […]
  • Luiz Carlos RochaLEI MARIA DA PENHA! Lei Maria da Penha neles! Isso mesmo! Mas não estou me referindo a briga entre a Força Jovem e a Yang Flu horas antes do clássico de […]
  • Luiz Carlos RochaE AGORA EURICO? Que vergonha! O Vasco perdeu hoje, no Parque Aquático Mário Filho, entenda-se o alagado Maracanã, para os Excluídos, em partida válida […]
  • MANCINI CRITICA VASCO! O treinador do Atlético Paranaense Vágner Mancini esteve no Footecon (Fórum Internacional de Futebol), palestrou sobre futebol […]
  • Luiz Carlos RochaTUDO QUASE LÁ! A Frase: Time reserva, treinador insuficiente, diretoria genérica e um futebol suplente das grandes apresentações define bem o que foi a […]

About the Author

Prof. Luiz Carlos Rocha
O Prof. Luiz Carlos Rocha é o Jornalista responsável pelo Webvasco.com (26153 MTB/RJ) com pós-graduação em jornalismo esportivo, além de ser Fotógrafo profissional. Entre sua vasta experiência profissional, estão a Revista Amiga e o Jornal dos Sports. Você pode encontrá-lo no Facebook clicando aqui!

Faça seu comentário aqui!


(passe o mouse sobre cada um dos ícones abaxio para escolher a melhor opção para escrever)

Be the first to comment on "LEI MARIA DA PENHA !"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*