TÍTULO INÉDITO CHEGANDO!

8 min leitura
Luiz Carlos Rocha

Após o empate sem gols contra o Corinthians, no Pacaembu, em partida válida pela 35ª Rodada do Campeonato Brasileiro, na qual o Vasco somou apenas um ponto chegando a rélis marca de 38 na tabela de classificação, ficou bem claro que o time de São Januário está mais perto do que nunca do INÉDITO TÍTULO DO BI REBAIXAMENTO PARA A SÉRIE B! Para que isso não aconteça o Cruzmaltino precisa vencer os três jogos que restam: Cruzeiro, Náutico e Atlético/PR.
Em 2008, no ano que assumiu o clube, o presidente Roberto Bombinha dava a desculpa que o ocorrido em 07 de dezembro era culpa de administrações passadas. Há quem diga que se Eurico Miranda fosse o cartola na época o Gigante não teria caído. Muitas vezes opinar do lado de fora é fácil. Difícil é conviver. Mas o fato é que Roberto Bombinha e sua incompetente diretoria tiveram cinco anos para mostrar serviço e até agora nada. Ganhamos apenas uma Copa do Brasil, em 2011.
Além do rebaixamento, tendo o desprazer de frequentar a Segundona, em 2009, perdemos a dignidade futebolística o prestígio desportivo em geral e a cada dia somos motivos de piadinhas de quinta categoria que na maioria das vezes são inventadas por Molambos.
Roberto Bombinha é um fracassado como cartola de um clube com a grandeza do Vasco. Um excelente político! Fala muito. Enrola a Imensa Torcida Bem Feliz com meia dúzia de palavras bonitas e promessas que sabe no fundo não poder cumprir. Vende todo o patrimônio do clube (atletas importantes) e não dá uma explicação convincente do que fez com a verba das negociações. Um picareta de talento! Ainda no começo do Segundo Turno do Campeonato Brasileiro, Roberto Bombinha foi procurado pela equipe do Web Vasco para responder entrevista exclusiva quanto à sua possível candidatura e falar sobre o momento do clube, mas só enrolou dizendo que responderia, responderia, responderia…
A vaidade levou Carlos Roberto de Oliveira a ser presidente do maior entidade desportiva do Brasil. A incompetência o fez meter os pés pelas mãos em todos os momentos do pleito. A arrogância fez o ex-ídolo (hoje mais queimado do que churrasquinho de laje) errar cabalmente. Contratações surreais. Nenhum treinador de ponta em meia década de comando. Bons jogadores foram vendidos. Na maioria dos que vieram sequer podem vestir a camisa do Cruzmaltino, que dirá ser reserva. Titular então nem pensar. Uma afronta às tradições de um Gigante do futebol.
Embora seja o único estádio do Rio de Janeiro – na qual me orgulho muito – São Januário está obsoleto! Precisamos pensar grande. Arena Vasco da Gama. Urgente! A fim de apontar outro devaneio de Roberto Bombinha exponho o fato de ter demitido Rodrigo Caetano, um ótimo profissional que visava fortalecer as categorias de base do clube. Dicionário nele! Sr. Bombinha, sei que não estudaste muito, mas o significado de base é o seguinte: Tudo que serve de fundamento, apoio ou suporte. Somente um louco como Vossa Senhoria não consegue observar que para fortalecer um clube a primeira medida é fazer da base uma fábrica de craques como outrora.
O que faz Ricardo Gomes no Vasco da Gama? Nada! Ganha um alto salário para errar. Depois de um tempo do fatídico AVC sofrido pelo dirigente (o clube deu total assistência), ele já estava em franca recuperação e prestes a vencer o seu contrato. O que seria bom para o Gigante dispensá-lo. Afinal a parceria não estava rendendo frutos. Seria uma dispensa sem gastos, uma vez que bastava não precisar fazer nada, o término natural do contrato iria acontecer. O que fez nosso presidente de merda? Renovou o contrato de Gomes. É mesmo um idiota! Ah, sim, Ricardo Gomes fez alguma coisa. Assinou um requerimento endereçado ao Cruzeiro pedindo a liberação de Pedro Ken para atuar sábado. Apenas assinou. A secretária digitou o mensageiro levou até a mesa dele, e aí sim o rabisco. Ufa! Que trabalho cansativo.
Quando o São Paulo errou contratando o Autuori, consertou acertando com Muricy Ramalho. Os erros do Vasco na reta final do Brasileirão eram visíveis. Já que vamos cair para o inferno, leia-se Segunda Divisão, que ficássemos com Dorival Junior, que não é grande coisa, mas pelo menos não precisaríamos pagar pecuniariamente uma quebra de contrato e ainda ter a despesa de contratar um treinador retranqueiro como Adilson Batista. Não precisa ser técnico para obter resultados positivos. Desde o início da competição defendi a prata da casa. Em diversas crônicas escrevi que se os treinadores que passaram pelo Vasco esse ano olhassem com carinho para a garotada da base a situação seria outra. Certamente estaríamos na turma da Sul Americana.
Mas o Vasco se tornou a casa da mãe Joana. Um lugar de muitos caciques e pouquíssimos índios. Os empresários mandam aqueles jogadores que eles ganham dinheiro promovendo estar sempre na equipe titular. Essa é a realidade triste do clube. Ou seja, só joga aquele que tem de ser promovido, que pode gerar lucro aos empresários. Como dizia o ex-presidente Fernando Collor o Dinamite não tem aquilo roxo! Por isso qualquer um faz o que bem entende nessa Torre de Babel batizada de Vasco da Gama.
Outra atitude no rumo de acabar de vez com o mínimo de esperanças do torcedor (embora com a experiência de 15 anos escrevendo sobre futebol, com pós-graduação em jornalismo esportivo e vários cursos ligados ao futebol, vide as fotos no facebook, sei que em 2014 estaremos na Série B), foi feita exclusivamente pelo diretor Cristiano Koehler. Este senhor que completa a patota do Roberto Bobinha quer dobrar o preço dos ingressos para a partida de sábado. No jogo contra o Santos onde o torcedor compareceu em massa, o preço da arquibancada foi de R$ 10,00 (dez reais), agora Koehler quer colocar os ingressos pela “bagatela” de R$ 20,00 (vinte reais). Alegando que a meia entrada dá prejuízo ao clube.
Ora, prejuízo muito maior foi ter um sem noção presidindo, afundando e, sobretudo, ridicularizando nosso clube. O carisma e a seriedade junto aos patrocinadores foram por ralo abaixo. Não se pode colocar a responsabilidade do fracasso da diretoria na Imensa Torcida Bem Feliz. Fossem dirigentes sérios não precisaríamos passar por tudo isso. Porém, eu que sou a favor do torcedor dar as costas quando o time não corresponde ao investimento, acho que não há regra sem exceção. Jogadores importantes da Raposa, tais como Fábio, Dedé e Nilton tem carinho pelo Vascão, e acho que a torcida deve lotar o Maracanã e gritar pelo nome deles o tempo todo. Desta forma quem sabe não amolece o coração do adversário e ganhamos três importantíssimos pontos com a ajuda do emocional? Mas o Cristiano Koehler não pensa com inteligência. Depois o Náutico é mais fácil. E quando chegar ao último desafio os jogadores vascaínos poderão estar mais
confiantes e quem sabe um milagre não acontece, não é?
O caso Marlone: a multa é considerada baixa, cerca de seis milhões de reais para clubes nacionais. Quatro grupos de investimentos acenam com a compra dos direitos econômicos do jogador, que tem na mira seis clubes brasileiros: Cruzeiro, hoje o favorito em ficar com o jogador, Corinthians, Santos, Internacional, São Paulo e Atlético-MG. Como sempre o Vasco tem poucas esperanças de que consiga aumentar o salário do jogador e com isso ele fique por mais um tempo. Não tenho dúvidas que a última coca-cola do deserto vestirá outra camisa na próxima temporada.
Vejo o Vasco como um futuro América Carioca. Aos poucos o clube vai se apequenando por incompetência e principalmente ganância e favorecimentos pessoais daqueles que o comandam. Todos os clubes que caíram para a Segundona se reestruturaram e hoje são mais fortes. O único que está cada vez mais mergulhado em dívidas, crises e derrotas é o Gigante da Colina.
Outra coisa, essa babaquice de politicamente correto é coisa de Tricolete. Na Imensa Torcida Bem Feliz nossos corações agem com emoção. Os primeiros passos são de protestar com educação e passividade como manda o Estado Democrático de Direito. Mas se não resolver deixa a porrada comer mesmo! Foda-se! O que não pode acontecer é ver o torcedor juntar seu suado dinheirinho e ver o mesmo filme em todas as vezes que vai prestigiar esse plantel de péssimo nível técnico. O pior de tudo é saber que enquanto isso, os diretores do Vasco estão em seus gabinetes com ar condicionado geladíssimo degustando vinhos de R$ 4.000,00 (quatro mil reais) a garrafa! Mais do que isso, parte dessa imprensa marrom e leviana escrevendo, e dizendo que não é com violência que as coisas se resolvem. Tá de sacanagem, não é?
Depredar violentamente a única diversão do pobre, acabando com seus sonhos mais bonitos em termos do desporto é no mínimo covardia. Ingressos cada vez mais caros a fim de sustentar os carrões e viagens dos cartolas. Camisas com preços altíssimos a fim de financiar as jóias mais raras das esposas – e às vezes até casos – dos dirigentes. Negociatas às escuras. Saída de dinheiro sem a menor explicação. Carência de ídolos, pois não se forma craques um bom tempo em São Januário. Tudo conspira a favor para o torcedor do Vasco ser sacaneado o tempo todo e ainda querem que a Imensa Torcida Bem Feliz fique calada? Tá de brincadeira! O torcedor tem direito de protestar de qualquer forma, inclusive mais corporal se for o caso. Prestes ao Bi Rebaixamento em apenas cinco anos não se pode ser politicamente correto.
Além de tudo, ainda temos de conviver com um clubeco da Segundona convidado a estar na Elite no ano 2.000 e de penetra até hoje querendo a todo custo ser o Vasco da Gama. Além de jogadores, dirigente e treinador, também usou um uniforme com a faixa diagonal. E está a todo o momento torcendo pela desgraça do Vasco para tentar pegar uma parte da torcida do Gigante, para quem sabe deixar de ser o Vasco Genérico e se tornar um clube de verdade. Mas essa culpa também é do Bombinha que não tem aquilo roxo para colocar o Florminense em seu devido lugar, de moça!
Acaba logo Campeonato Brasileiro, versão 2013!

APÓS AS TODAS AS PARTIDAS DO VASCÃO EM MEU PERFIL DO FACEBOOK (QUEM QUISER RECEBER AS CRÔNICAS DE PRIMEIRA MÃO É SÓ ME ADICIONAR), E NOS SITES WEBVASCO (www.webvasco.com), E VASCAÍNOS UNIDOS (www.vascainosunidos.com.br) TEM A OPINIÃO DO JORNALISTA LUIZ CARLOS ROCHA. LEIAM! COMPARTILHEM E CURTAM! VASCAÍNOS UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS.

 

4 comentários em “TÍTULO INÉDITO CHEGANDO!

  1. Toda a admiração que a torcida vascaína tinha pelo Roberto transformou-se numa ira enorme, a ponta de fazer serem esquecidas todas as glórias que ele nos proporcionou dentro de campo. Foi um erro capital ter se mentido no jogo político do Vasco da Gama. O Zico pôs a cara lá dentro, no Flamengo, sentiu a “catinga” e se mandou. O Roberto nunca deveria ter se metido nisso, pois nada entende de política, muito menos de administração. Este ano para o glorioso Vasco já acabou. Está morto. Só falta fechar o caixão e jogar terra em cima. Tem que ganhar os três jogos? Não ganhou nem dos que estavam atrás dele na classificação e quer ganhar do campeão e do vice? Me poupem. Que seja armado um time para voltar à primeirona no ano que vem ou, fealmente, teremos um novo América ou Bangu no Rio.

    1. Amigo e xará Luiz. Você tem toda a razão. Tudo o que citou está certo. Mas tenho esperança, sabe porque? O Cruzeiro já é o campeão e muitos jogadores que lá estão tem um carinho muito grande pelo Vasco. Logo, se nossa torcida parabenizá-los e gritar o nome deles o tempo todo jogará em cima do emocional. Podendo garantir a vitória. O Náutico sem desmerecer está morto, os três pontos são quase certos. Se ganharmos as duas primeiras, iremos com pressão para cima do vice, que certamente não estará mais disputando nada, estará em férias. Por esta razão acredito. Mas é válido ressaltar, que o Vasco tem de fazer a parte dele, vencendo e principalmente jogando sério, para frente, a fim de vencer. Com atuação de time grande que é. Obrigado por comentar minha matéria. Abraços.

    1. Obrigado Amigo Gabriel pelo elogio. Escrevi essa crônica com muito afinco, dedicação, e sobretudo PRAZERES!!!! Hehehehehe. Desculpe-me pelo trocadilho, foi apenas para descontrair e ter uma forma bem humorada de dizer MUITO OBRIGADO pelo seu comentário. Abraços e Saudações Vascaínas.

Comentários encerrados.

Copyright © Todos os direitos reservados. | Newsphere by AF themes.