ELEIÇÕES, REFORMA DO ESTATUTO VASCAÍNO E “DIRETAS JÁ”!

     Caros Amigos Vascaínos:

 

     Venho, através desta coluna, manifestar a minha opinião a respeito da Eleição Vascaína, a qual teve o seu “capítulo final”, na última Sexta feira (19/01/18), assim como tentarei “ousar” em sugerir alternativas e soluções futuras.

 

     Passada quase uma semana, tempo suficiente para observarmos bons comentários espalhados, em vários espaços de mídia, assim como também muita ‘bobagem’, agora podemos emitir uma opinião mais consistente, para uma REFLEXÃO APURADA, daquilo que se passa no nosso clube amado.

 

     Obviamente que ninguém é “Dono da Verdade” e, por vivermos em um estado democrático, toda opinião é válida de modo a ser avaliada como ponto e contra ponto. Daí é que se produz a Formação de Opinião, a qual proporciona o ESCLARECIMENTO, que gera CONCEITO em toda e qualquer Sociedade.

 

Eleições no CRVG. Fonte da Imagem: UOL

 

    Não adianta agora, um grupo se dizer que foi “traído” e outro dizer que foi “traído antes” (isso tudo proporcionado por um ESTATUTO DEFASADO, onde a sua última atualização se deu no ano de 1979), que no final de tudo quem “paga a conta”, como sempre, é o CRVG.

 

     Isso é fato!

 

     Concordamos todos em uma coisa: Havia a necessidade de um ROMPIMENTO desse MODELO impregnado no CRVG, há 17 anos, também é fato!

 

     E o que houve, então?

 

     As “velhas práticas”, como sempre!

 

Vamos lembrar um pouco da cronologia desta eleição:

 

Houve uma COALIZÃO GERAL de todas as oposições, às 16h30 durante o dia da eleição, em sua primeira etapa (07/11/17), quando o último candidato de oposição, Sr Fernando Horta, declinou a sua candidatura em favor da coligação dos Srs Júlio Brant e Alexandre Campello.

 

Todos aqui sabemos, que as “difíceis eleições Vascaínas” são em duas etapas, onde a última se dá no Conselho Deliberativo do Clube. Por sua vez, esta eleição dos Sócios votantes é RATIFICADA, ou RETIFICADA, no referido conselho.

 

Ou seja: Eleição Indireta, onde tudo pode, como pôde, acontecer!

 

     Ocorrida tal segunda e última etapa (19/01/18), pela primeira vez na história do Vasco da Gama (embora esteja prevista no Estatuto Vascaíno, tal situação), a Chapa vencedora, a qual se dividiu, TEVE O SEU CANDIDATO PRINCIPAL NÃO SENDO ELEITO NESTE CONSELHO, contrariando a decisão da maioria dos sócios nas urnas.

 

     Isso, ao ponto de vista do “bom senso”, não entrando em mérito político, em minha opinião, não ficou bem visto no “mundo do futebol”, principalmente aos olhos dos Sócios e dos Milhões de Torcedores Vascaínos, o desfecho desta eleição, a qual ficará marcada para sempre na História Vascaína, mediante a tudo o que foi exposto maciçamente pela mídia e por muitos Vascaínos, de um modo geral.

 

     Portanto, essa DIVISÃO deveria ser MELHOR EXPLICADA aos Vascaínos, por ambas as partes envolvidas!

 

     Resultado prático disto é que muitos Vascaínos agora, alegando tal situação, estão deixando de se associarem, muitos estão pensando em se desassociarem e o pior: muitos estão pregando que houve “TRAIÇÃO”, por parte de quem ganharam e assumiram o Clube! Basta observarmos as Redes Sociais e os vários canais de mídia, os quais embasam isso.

 

     Aproveito este conceituado espaço para reafirmar, como dito anteriormente, que  quem perde nessas situações, é sempre o CRVG, com posturas e posições, por parte daqueles que postulam e que conduzem o clube.

 

Quero deixar bem claro aqui, que esta crítica NÃO É APOLOGIA PARTIDÁRIA A UM CANDIDATO, ou outro, ou a alguma CORRENTE POLÍTICA!

 

     Reitero: Que fique bem claro!

 

      Pois, como Membro Fundador do Movimento Voluntário, pela Revitalização do Entorno do Estádio de São Januário, cujo propósito é o pré-requisito para a posterior Ampliação/Modernização do mesmo (entendam o porquê de até agora NADA DE EFETIVO TER SIDO FEITO PARA ISSO, em uma coluna minha anterior, clicando aqui:http://webvasco.com/artigos/colunistas/marcelopaiva/argumentos-sobre-a-revitalizao-do-entorno-de-sj-ou-a-reivindicamos-imediatamente-ou-a-perderemos-para-sempre/  ), não é interessante cada membro deste propósito, se posicionar publicamente e politicamente, favorável a A, B ou C. A nossa posição é o CRVG acima de qualquer Política Partidária!

 

Projeto da Luso Arenas para São Januário em 1998 – 40.000 espectadores. Este projeto ainda está em aberto! Fonte da imagem: skyscrapercity.com

     Sendo assim, com ISENÇÃO POLÍTICA e como FORMADOR DE OPINIÃO que sou, venho SOLICITAR aos milhões de Vascaínos, que a partir de agora em diante, NÃO TOMEM POSICIONAMENTOS RADICAIS, A BASE DE ATOS PASSIONAIS, pois repito mais uma vez: O prejudicado, como sempre, será o Clube de Regatas Vasco da Gama!

Muitos Vascaínos estão propagando, na Mídia e Redes Sociais, vários “tiros nos pés”, como por exemplo: “Boicote Total ao Clube”, “Nada de Associações ao Clube”, “Boicote da Torcida do Vasco, nos jogos do clube”, Afirmativas como: “Houve um conchavo daqueles que se elegeram, com aqueles que saíram”, “Boicote aos Traidores”, entre outras “atitudes passionais”, que não irão resultar em nada, a não ser gerar mais divergências, de modo a se inviabilizar o nosso clube amado!

Pois é nesse momento, que temos que ter SABEDORIA!

     Todas as “possibilidades passionais” acima, entre outras, só servirão para piorar o que já está piorado!

     Que agora sim, os Verdadeiros Vascaínos usem da SABEDORIA e que se ASSOCIEM EM MASSA, principalmente cobrando desta Nova Diretoria, uma postura em se ATUALIZAR E REFORMAR o nosso “ARCAICO ESTATUTO”, adequando-o ao Século XXI, sem o “entregar” a outras “finalidades”, a não ser o Vasco da Gama estar acima de tudo!

     Que os Sócios Vascaínos, os Milhões de Torcedores Vascaínos e as Torcidas Organizadas, SE MOBILIZEM (sem se deixarem cair no esquecimento) de modo a COBRAREM (até mesmo pelo DIREITO DE SEREM OUVIDOS) do Presidente do CRVG, Sr Alexandre Campello e do Presidente do Conselho Deliberativo do CRVG, Sr Roberto Monteiro (ambos sendo os Poderes Máximos do clube) PROVIDÊNCIAS no sentido de se Reformar e Atualizar tal Estatuto Defasado, com o enfoque de “ELEIÇÕES DIRETAS JÁ” no CRVG, nesse vosso mandato.

Para as próximas eleições, se possível, que sejam com URNAS ELETRÔNICAS, com rigorosa fiscalização, pois se houver uma demanda imensa de novos associados em massa, isto é, com o SÓCIO SABEDOR que o estatuto SERÁ, ou já estará REFORMADO, a próxima eleição será mais JUSTA E ISENTA DE “CONJECTURAS”!

Sr Alexandre Campello, novo Presidente do CRVG Fonte da imagem: UOL

     

Sr Roberto Monteiro, Novo Presidente do Conselho Deliberativo do CRVG Fonte da imagem: UOL

     Várias formas dos sócios e torcedores do Vasco da Gama procederem tal propósito, da REFORMA ESTATUTÁRIA do CRVG, podem ser sugeridas, como por exemplo:

     1) ABAIXO ASSINADOS (sejam convencionais ou eletrônicos), de preferência com 5.000/10.000 assinaturas (número bastante significativo), SENDO PROTOCOLADOS NA SECRETARIA DO CLUBE E DADO CIÊNCIA A IMPRENSA, aguardando “feedback” do CRVG.

     2) Cada Torcida Organizada LEVAR FAIXAS aos jogos do Clube,seja em SJ, Maracanã ou em outro Estádio, de maneira INCANSÁVEL, com a frase: “REFORMA ESTATUTÁRIA E DIRETAS JÁ NO CRVG”!

     3) Formação de “Comissões” de Sócios e Torcedores Vascaínos, SOLICITANDO AUDIÊNCIAS com os poderes do CRVG, de modo a SUGERIREM AS DEVIDAS REFORMAS NO ESTATUTO VASCAÍNO, com o devido “feedback” do clube.

     4) Uma MAIORIA de Sócios e Torcedores PARTICIPAREM MACIÇAMENTE nas diversas Mídias (Rádio, TV, Jornais) e Redes Sociais, SOLICITANDO AO CLUBE TAIS REFORMAS.

     5) Entre outras ….

     Resumindo: PRESSÃO TOTAL, no bom sentido, ANTES QUE ISSO CAIA NO ESQUECIMENTO!

     Isso TEM QUE SER CONSTANTE, pois do contrário NÃO SAIREMOS DA INÉRCIA!

     Lembrando que: Em parte, a PASSIVIDADE do nosso Torcedor e dos nossos Sócios, AMBOS EM MAIORIA, associada a INOPERÂNCIAdaqueles, em maioria, que dirigiram o Clube, ao longo dos últimos 17 anos, PROMOVERAM A PERDA DO TAMANHO INSTITUCIONAL do Vasco da Gama atualmente!

     Desculpem a alguns a FRANQUEZA, pois ela é verdadeira a tal ponto de todo esse “CELEUMA ELEITORAL DESGASTANTE”, ser ocasionado por essa e por outras passividades e inoperâncias, ao longo dos últimos 17 anos de um modo generalista.

     Que aproveitemos esse propósito, da Reforma Estatutária, uma vez que tais DIRIGENTES ACIMA, dos Poderes Máximos do CRVG, JÁ SE MANIFESTARAM PUBLICAMENTE COM TAL POSSIBILIDADE, conforme tal VERACIDADE representada nos Links abaixo:

 
     1) Matéria sobre os Presidentes, do Conselho Deliberativo e do CRVG, demonstrando a Intenção de Reforma do Estatuto do clube,visando ELEIÇÕES DIRETAS no Vasco da Gama:

https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2018/01/23/campello-quer-reformar-estatuto-do-vasco-e-implementar-eleicao-direta.htm

2) Outro Site, tratando do mesmo propósito:

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/vasco/noticia/roberto-monteiro-planeja-eleicoes-diretas-e-mais-clareza-no-estatuto.ghtml

3) Idem, mais dois sites:

http://www.netvasco.com.br/n/205471/roberto-monteiro-comenta-possibilidade-de-reforma-do-estatuto-para-permitir-eleicoes-diretas

http://www.supervasco.com/noticias/monteiro-afirma-que-ira-propor-mudancas-no-estatuto-do-vasco-244738.html

     Torcedor Vascaíno: O Vasco da Gama só existe, através de ações magníficas dos Verdadeiros Vascaínos, sejam Dirigentes, Sócios, Torcedores e Simpatizantes deste “ainda” GIGANTESCO CLUBE, ao longo da nossa rica e gigantesca História Centenária, Esportiva e Social.

     Que TODOS façam a vossa parte, por menor que ela seja, naquilo que for possível a cada um!

     Sejam se associando ao clube, consumindo os produtos do clube, comparecendo aos jogos do Vasco da Gama, exigindo o nosso Direito de SERMOS OUVIDOS PELOS DIRIGENTES DO CRVG, entre outras ações!

     Lembrem-se: NÃO É A HORA DE SE “VIRAR AS COSTAS” AO NOSSO AMADO CLUBE!

     Isso NUNCA, para quem é Vascaíno de verdade!

     E sim, de NOS FAZEREM SERMOS OUVIDOS!

     Antes de tudo, SOMOS TODOS VASCAÍNOS e o Vasco da Gama precisa muito dos seus TORCEDORES e dos seus SÓCIOS, nessas horas difíceis! O Futuro do CRVG está em jogo!

     A Verdadeira Mudança está em cada um que AMA, e que faça algo relevante ao clube, por mais que seja uma ação pequena! Pois a soma de todas essas ações é que será RESGATADO o tamanho perdido do nosso Vasco da Gama.

     Afinal, já está mais do que na hora do CRVG entrar no Século XXI, a começar mudando a MENTALIDADE interna no clube, iniciando-se pela Reforma Estatutária, a qual permita um novo modelo de Administração, de acordo com o TAMANHO E A GRANDEZA, dessa ainda gigantesca instituição!

    Para isso, temos que fazer o nosso papel: Cobrarmos de modo Pacífico e Ordeiro, do Clube (na figura dos seus Dirigentes) ações que RESGATEM O SEU TAMANHO e, como Sócios e Torcedores, CORRESPONDERMOS com o Clube, naquilo que for possível a cada um!

    Somos cerca de 18 milhões de Torcedores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo!

“Neste sinal vencerás”, Símbolo Templário, cuja CRUZ DA ORDEM DE CRISTO estampa o escudo do nosso Clube Amado. Fonte da Imagem: Pinterest

     Para terminar, em tudo na vida há o ESPIRITUAL, independente a qual denominação religiosa, cada um aqui pertença.

     Afinal, podemos não ser observados pelos homens …

     Mas, SOMOS TODOS OBSERVADOS PELA PROVIDÊNCIA DIVINA, onde um dia a mesma nos Glorificarão, ou nos Condenarão!

     SV a todos!

Você pode querer ler...

About the Author

Marcelo Paiva
Marcelo Paiva
Marcelo Paiva é Engenheiro Civil, sócio do Vasco há mais de 30 anos e Autor de um Estudo de Viabilidade de Projeto no entorno de São Januário (entregue ao Poder Público), em função do Rugby Rio 2016 e que culminou na formação do Grupo voluntário e independente da revitalização do entorno de São Januário.

2 Comments on "ELEIÇÕES, REFORMA DO ESTATUTO VASCAÍNO E “DIRETAS JÁ”!"

  1. José Edgard Dias | 27 de Janeiro de 2018 at 07:00 |

    Ótima coluna sobre o nosso Vascão!

  2. Primeiro tem que exigir das autoridades a investigação célere da fraude na urna7, identificar os responsáveis e excluí-los do quadro social!
    Não é possível nenhuma gestão com.bandidos dentro do club.

Comments are closed.