Eurico, você sabe o que é Racismo?

7 min leitura

Fim de Carnaval, ano que se inicia!

Não sei bem onde começou essa história… Para mim não é verdade – eu começo o ano sempre em janeiro! Mas para muitos, principalmente nossos políticos, me parece que isso é fato!

E nosso presidente, Eurico Miranda, parece que fugiu à regra fazendo contratações pontuais no início do ano! Aparentemente boas contratações e inclusive elogiadas pela crítica especializada. Bola dentro, presidente! Espero que não pare aí e melhore ainda mais! Estou na torcida!

Porém, ainda temos um técnico considerado “estagiário” por parte de nossa torcida. Não sou especialista em técnica e tática do futebol, mas as conversas que tenho com quem entende do assunto e aos resultados em campo me fazem acreditar que algo não está funcionando no centro de comando do nosso time… Enfim, vamos ver o que nos reserva os próximos jogos.

Screen Shot 03-06-17 at 04.06 PMVoltando ao presidente, tivemos no último sábado a satisfação de ver o presidente de nosso clube dando entrevista na TV. Isso não é comum! Primeiro, porque o queridinho da emissora mais forte de nosso país não é o Vasco. Segundo, porque o próprio Eurico é avesso à imprensa, o que por si só é algo preocupante. Mas o fato é que ele foi no programa “Deles & Delas” no sábado (04/03/2017), exibido pela CNT, e com o comando do vascainíssimo Leleco Barbosa, filho do não menos vascaíno e saudoso Chacrinha. E cá para nós, sempre que o nome do Vasco está nos meios de comunicação, é uma chance a mais de valorizar nossa marca!

Eurico pode ser chamado de tudo pelos seus opositores, mas temos que abaixar o chapéu quando ele pega no microfone. Não estou afirmando que o que ele fala se assina embaixo e que tudo que ele fala é correto, mas ele sabe que discurso fazer e como direcionar ele ao seu público consumidor. Excetuando os grandes palestrantes nacionais, os quais possuem outro foco, eu particularmente conheço poucos que sabem fazer isso hoje em dia… Lula é um deles. Brizola foi um dos maiores nesse sentido…

Porém, Eurico está me preocupando, pois vem sistematicamente “passando dos limites”… Exaltar sua própria imagem é uma coisa… Denegrir o clube e sua torcida já passa do que podemos considerar de “aceitável”.

Na última entrevista, entre várias frases que eu tenho sérias divergências, teve uma que me chamou muito a atenção. Segue ela, extraída de um artigo do site Netvasco:

As pessoas já têm tempo para me conhecer. Eu não mando treinador embora. Só mando se ficar comprovado para mim a incompetência, a negligência. Fora disso, não mando treinador embora. A maioria não gosta do Cristóvão. Eu gosto. Eles não gostam porque ele não tem a mesma cor que eu. É preconceito.”  (negritos meus). Fonte: http://www.netvasco.com.br/n/190231/eurico-diz-que-vasco-vai-para-as-cabecas-em-2017-e-garante-libertadores

Bom, é preciso esclarecer algumas coisas. A primeira, e fundamental, é que isso é uma afirmação do Eurico! Não tem nenhuma, a menor, a mínima possibilidade disso condizer com a realidade! Eu mesmo sou frequentador das sociais do Vasco e nunca vi o Cristóvão ser tratado de forma racista pelos torcedores (e olha que fico justamente ali perto do assento dos reservas e de frente para o técnico do Vasco). O máximo que ouvi foi um “Negão”, prontamente rechaçado pelos sócios e torcedores perto de quem soltou isso… A torcida do Vasco não perdoa atos de racismo. Faz parte de nossa história!

1 2Talvez o Eurico não saiba efetivamente o que é racismo… Coloco então fotos de postagens que recebi de torcedores indignados nas redes sociais logo após a final da Taça Guanabara. Foram insultos ao Rafael Vaz, ídolo de uma decisão contra o Flamengo, mas que hoje joga em nosso rival.

Esse tipo de coisa, Eurico, é que é racismo! Isso é uma ofensa humilhante e totalmente fora do que podemos chamar de humanidade. Gosto do futebol do Rafael Vaz e espero que ele volte a trabalhar em um lugar onde a torcida não o trate dessa forma. Aliás, cabe uma pergunta: Será que no Vasco isso teria acontecido?

Inacreditável talvez seja alguém não conhecer hoje em dia o pioneirismo do Vasco na luta contra o racismo. O Vasco talvez não tenha sido o primeiro a colocar jogadores negros em seu time de futebol, até porque o futebol do Vasco começou tarde (era um clube de Remo, inicialmente). Mas quando começou, montou um time formado por jogadores de diferenciadas classes sociais, independente de cor de pele. Se não cometer o pecado do exagero, pode-se até afirmar que o Vasco foi o pioneiro no início do século XX em um termo que só veio a moda um século depois: Inclusão!

O Vasco pagou um preço por isso! Ao ser solicitado que excluísse os negros e operários de seus quadros, o clube decidiu que isso seria indigno para com aqueles que ajudaram o clube a ser campeão daquele ano, logo no primeiro ano entre a elite do futebol carioca! Decidiram-se então em sair da Liga e manterem-se fiéis com seus companheiros, dizendo um sonoro NÃO AO RACISMO! Esse ato materializou-se em uma carta, conhecida hoje como Resposta Histórica.

Mas, alheio à nossa história, e alheio ao que acontece hoje em nossa torcida e aos lindos exemplos dos atuais movimentos voluntários ligados ao Vasco, Eurico afirmou que há racismo no Vasco… E pior: que a maioria da torcida do Vasco é Racista!

Particularmente, não tenho nada contra o Cristóvão. Não o conheço pessoalmente, mas pelas minhas fontes, o Cristóvão é uma ótima pessoa, solícita e boa praça, tratando a todos com muita educação. Racismo já é hediondo por si só… Pior ainda com uma pessoa boa praça como o Cristóvão… Inaceitável isso! Tão inaceitável, que duvido que isso esteja acontecendo… Não que a torcida do Vasco seja composta apenas de boas pessoas… Obvio que não! Mas racismo é coisa que no Vasco é intolerável! Não condiz com o clube. Se houve algum caso disso, foram atos isolados… pontuais… Jamais uma coisa perpetrada pela maioria da torcida.

Para piorar a situação, temos que observar duas coisas: A primeira é que a “Flapress” (termo utilizado para designar os jornalistas que fazem de tudo para exagerar o que o Flamengo tem de bom e “sumir” com o que o Flamengo tem de ruim) está doida para achar coisas para atacar nosso clube. O Eurico, ao dar armas para o inimigo, é tudo que eles queriam. A continuar desse jeito, o Eurico será eleito o melhor presidente do Vasco pela Flapress, já que munição para atacar o Vasco é dada aos montes por Eurico.

Screen Shot 03-06-17 at 04.31 PM
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Crist%C3%B3v%C3%A3o_Borges

A segunda questão é que Cristóvão fatalmente irá sair do Vasco, e não irá demorar tanto assim… E não sou eu quem diz isso. Basta olhar o histórico dele em todos os clubes por onde passou depois que saiu do Vasco, em sua primeira passagem. Seu retrospecto tem um percentual baixíssimo para um técnico de ponta (em torno de 50%). Coloco aqui um quadro de seu desempenho. Ou seja, ele irá sair por que chegará um momento que, por o Vasco ser um time de ponta, ele será cobrado por resultados e não os terá para justificar sua permanência no clube.

E aí? Quando ele sair, será que a Flapress irá dizer que ele saiu pelo fraco desempenho, que é normal no caso dele, ou será porque ele teve fraco desempenho porque psicologicamente ele não tem condições de trabalhar num clube racista? Qual será a mensagem que a Flapress escolherá para titular essa matéria? Advinhem?

Resumindo, olhem o que nos espera: de clube historicamente pioneiro e empenhado na luta contra o racismo, passaremos a ser um clube racista. E pior: com o aval e assinado pelo seu atual presidente!

Por favor, presidente! Se quiser continuar com seu jeito particular de dar entrevistas, eu não tenho nada contra! Não sou seu público alvo e isso não me afeta! Fique à vontade em manter o seu jeito de falar! Mas em se tratando de denegrir o Vasco, isso afeta a todos os vascaínos! Não destrua a nossa história! E retrate-se perante a torcida! Ela merece um pedido de desculpas. É o mínimo que o Sr. poderá fazer para diminuir o estrago causado. O Vasco e sua torcida não são racistas – pelo contrário: LUTAMOS CONTRA O RACISMO! Anote isso em seu caderninho quando for dar entrevistas!

Forte Abraço e Saudações Vascaínas!

Copyright © Todos os direitos reservados. | Newsphere by AF themes.