NOTA DE REPÚDIO

2 min leitura

NOTA DE REPÚDIO

Na última quinta-feira, dia 30 de julho de 2020, durante a transmissão do jogo entre Santos e Ponte, um despreparado comentarista que atende pelo nome de Fábio Benedetti, da Rádio Energia 97FM, fez uma severa DISCRIMINAÇÃO RACIAL, ao atleta santista Marinho.

“Você é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que você fez”

Que absurdo! Um “jornalista” (será que é?) jamais poderá ter um comportamento como esse. Por esta, e outras atitudes que DEFENDO A OBRIGATORIEDADE DO DIPLOMA E CURSO SUPERIOR COM AVALIAÇÃO PARA O EXERCÍCIO DA PROFISSÃO (como na OAB). E mais, faz-se necessário um Conselho de Classe Federal e Regionais, para evitar covardias como essa de um “colega” de profissão, na qual não tenho o menor orgulho.

O jogador do Peixe certamente sofreu, mas não só naquele momento, também posterior, com seus familiares e amigos que indiretamente também foram atingidos.

Cabe ao camisa 11, processar o irresponsável comunicador baseado na LEI Nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, popularmente conhecida como Afonso Arinos, com fulcro nos seus 22 artigos, parágrafos e incisos, para que o mesmo seja julgado no rigor da ordenação pátria, expectando ver a legítima decisão do douto magistrado com uma sanção máxima pertinente na sentença da lide.

Vale ressaltar, que a Lei supracitada transformou a Discriminação Racial que era apenas uma contravenção penal, na “primeira Lei” Afonso Arinos: Lei 1390, de 3 de julho de 1951, em CRIME, neste novo regimento jurídico, que foi sancionada pelo Presidente da República José Sarney.

Para concluir: Mário Sérgio Santos Costa, atacante do Peixe, têm TODA A MINHA SOLIDARIEDADE E RESPEITO, bem como total razão no que tange a combater esse tipo inescrupuloso de conduta por parte de um sujeito irresponsável que brinca de comunicador, tirando a vaga inclusive de quem deseja trabalhar sério, e respeita o Ser Humano.

Atenciosamente,

Prof. LUIZ CARLOS ROCHA

Sócio Editor do Site WebVasco

Graduado em Jornalismo e Direito

Pós-Graduado em Jornalismo Esportivo

Pós-Graduado em Direito Privado

Benemérito da Federação de Futebol do Rio de Janeiro

Possuidor de 19 prêmios nas carreiras

Detentor de 384 certificados no CV

REPUDIADOR DE QUALQUER TIPO DE DISCRIMINAÇÃO

Niterói, 01 de agosto de 2020.

Faça seu comentário aqui!


(passe o mouse sobre cada um dos ícones abaxio para escolher a melhor opção para escrever)

Deixe um comentário!

Copyright © Todos os direitos reservados. | Newsphere by AF themes.