VASCO CONTRA VASCO!

3 min leitura
Luiz Carlos Rocha
          A vitória por 2 a 1, sobre o Friburguense, em São Januário, com gols de Carlos Tenório e Dakson (Lucas descontou), hoje a tarde confirmou a tese de que a cúpula vascaína vem sendo minada. A percepção é clara ao notar que o Gigante da Colina fez um Primeiro Turno completamente diferente do Segundo, tendo o mesmo plantel. Sem contar os pecados capitais aparentes, bem como vícios da má gestão que insistem em ficar “ocultos”.

            Não pode um time montado e comandado pelo fraco técnico Gaúcho chegar a brigar pela Taça Guanabara, e esses exatos jogadores perderem o faro da vitória, até mesmo após a troca de comando do treinador. Nem a experiência  do badalado treinador Paulo Autuori fez o Vasco vencer uma partida sequer. Quando já não valia mais nada ganhamos. Porque o conhecimento futebolístico do novo professor só teve resultado positivo justamente na primeira partida onde o Vasco não tinha mais chances de classificação?

            Outro ponto curioso é o fato da partida receber apenas 546 pagantes para um público total de mais de 1.500 pessoas. Os que compraram ingressos são heróis – merecem todo o meu respeito e admiração – e os restantes tenho certeza que a maioria só foi porque não pagou. Apenas a minoria são “agentes” infiltrados, sobretudo disfarçados de vascaínos para dar continuidade ao trabalho de formiguinha, tendo em vista minar a cúpula do clube.

            Está certo que Roberto Bombinha é péssimo administrador. Que não sabe nada de gestão desportiva. Que não serve nem para síndico de prédio. Que é centralizador. Mas daí a ter Vasco contra Vasco dentro do próprio clube é fruto da politicagem barata que está há muito tempo rondando a Colina Histórica.

            O problema é que o Sr. Carlos Roberto de Oliveira não tem pulso para dar um basta! Enquanto houver disputa de braço, leia-se vaidade pessoal na política cruzmaltina não sairemos nunca da crise. Precisamos somar forças. É fato que a subtração só nos levará ao apequenamento e ao caos.

            É deprimente para o torcedor saber que apenas cumpriremos tabela mais um ano no Campeonato Carioca. Já são 10 anos sem conquistarmos essa competição. É frustrante saber que não temos um ídolo no time. Muito mais do que isso, é a preocupação com o futuro.

            Com uma renda de pouco mais de dez mil reais, Dinamite, Ricardo Gomes e Renê Simões testemunharam mais uma tarde de protestos em São Januário. Vamos combinar que a torcida não está sem razão, não é? Há muito venho escrevendo que não sou a favor de A, B ou C na esfera política do Vasco da Gama. Sou a favor de quem fizer bem ao clube e totalmente contra a quem não fizer nada. Quanto aqueles que fazem mal? Prefiro nem citar meu sentimento.

            Para os patrocinadores fortes se reaproximarem e consequentemente a estabilidade financeira acontecer será necessário a “paz” em São Januário. Os grupos políticos tem de focarem sempre na melhoria em prol do clube. Vaidades, favorecimento pessoal e litígio por mera banalidade tem de estarem no passado. O foco tem de ser o engrandecimento do Vasco. Precisamos acordar um Gigante que está apenas adormecido! Vasco contra Vasco nunca mais! Vasco contra tudo e todos para sempre!

 

 

APÓS AS TODAS AS PARTIDAS DO VASCÃO EM MEU PERFIL DO FACEBOOK (QUEM QUISER RECEBER AS CRÔNICAS DE PRIMEIRA MÃO É SÓ ME ADICIONAR), E NOS SITES WEBVASCO (www.webvasco.com), VASCAÍNOS UNIDOS (
www.vascainosunidos.com.br) E VASCOLINA (www.vascolina.tk) TEM A OPINIÃO DO JORNALISTA LUIZ CARLOS ROCHA. LEIAM! COMPARTILHEM E CURTAM!
VASCAÍNOS UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS.

 

 

Copyright © Todos os direitos reservados. | Newsphere by AF themes.